Tudo que você Precisa Saber sobre Andador para Idoso


Você quer descobrir a verdade sobre andador para o idoso que ninguém te contou. Nós entendemos bem como é se sentir meio perdido na hora de saber mais sobre algo.


Tudo bem se sentir um pouco perdido. Ninguém te ensinou a lidar com a velhice. Ao menos não até conhecer esse post. Agora vai ser diferente. Você vai conseguir fazer mais e melhor. Nós acreditamos em você.


Vamos desvendar juntos questões muito importantes, como:

  • Quais os principais tipos de andadores?

  • Qual os melhores do mercado?

  • Qual melhor para o meu idoso?

  • Onde posso comprar com bom preço?


Pronto? Vamos lá!



Vamos começar fazendo um exercício. Pense o que você precisa fazer no dia a dia. Agora imagine não poder se mexer para nenhuma das tarefas que vieram à sua cabeça. Pior, não vai poder andar para fazer coisas simples, como pegar água na geladeira. Complicado, não?! O Andador é liberdade.


Então, agora acrescente a essa sensação de ver todo mundo a sua volta indo e vindo, inclusive crianças pulando loucamente pela casa ou até mesmo pela janela. O idoso se sente desvalorizado por isso. Muitas vezes ficando resistência ao andador, por ser uma espécie de aceitação da própria limitação.


É, já consegue entender como andador para idosos é importante, na verdade, fundamental para além da dignidade da pessoa humana, também colocar um sorriso no rosto do idoso. Cá entre nós: ver ele sorrindo é tudo de bom!


Tem mais.


Sabendo do que vamos falar desse post e da importância do andador para idosos, vamos abordar os andadores em si. A criatividade das pessoas não têm limites para inventar todos os tipos de andadores.


Por isso foi difícil, mas conseguimos resumir os principais. Por isso vamos focar naqueles que acreditamos serem os 3 melhores andadores para idosos, dá uma olhada nas opções:

  1. Dobrável articulado;

  2. Quatro rodas e assento;

  3. Quatro rodas, assento e cesta.


Os andadores de idosos são desse jeito:


Dobrável e articulado:


Quatro rodas e assento:


Quatro rodas, assento e cesta:

Dentre esses tipos de andadores, seus usos têm pequenas variações que podem fazer enorme diferença na qualidade de vida do seu idoso. Vamos falar da aplicação desses 3 principais tipos de andadores para idosos.


Divididos em 2 pontos: para quem e quanto aguenta. Leia com bastante atenção, combinados?! São eles:


Dobrável articulado:

  • Para quem: pessoas com altura entre 1,5m a 2m que têm distúrbios do equilíbrio e de locomoção.

  • Quanto aguenta: suporta até 130 quilos e tem tamanho único.


Quatro Rodas e assento:

  • Para quem: indicado para pessoas com altura entre 1,6m a 2m que têm distúrbios do equilíbrio e de locomoção, redução da força e resistência muscular de membros inferiores ou generalizada, alteração da coordenação motora, capacidade limitada (temporária ou permanente) para suportar o peso sobre os membros inferiores;

  • Quanto Aguenta: suporta até 135 quilos e tem tamanho único.


Será que é só isso? Tem mais.


Quatro rodas, assento e cesta:

  • Para quem: suporta até 135 quilos e tem tamanho único;

  • Quanto Aguenta: indicado para pessoas com altura entre 1,6m a 1,9m que têm distúrbios do equilíbrio e de locomoção, redução da força e resistência muscular de membros inferiores ou generalizada, alteração da coordenação motora, capacidade limitada (temporária ou permanente) para suportar o peso sobre os membros inferiores.


Bem, sabendo os principais tipos e seus melhores usos, vamos falar um pouco sobre os cuidados gerais para o idoso usar andador e uma dica de cada um dos 3 tipos de andadores.


Dividimos em 5 pontos os cuidados mais importantes, são eles:

  • Regulagem de altura;

  • Modelo ideal;

  • Resistência e carga;

  • Ponteiras;

  • Indicação profissional.


Agora vamos falar um pouco sobre cada um deles:


Regulagem de Altura é Importantíssimo


Antes da compra, verifique se o andador possui sistema de regulagem de altura. Pessoas têm tamanhos diferentes, e ninguém quer ficar andando "torto" por aí nem em má postura. Geralmente os andadores ortopédicos possuem sistema de regulagem de altura por pinos ou rosca e a média da regulagem é para pessoas de 1,5 a 2 metros.

Modelo Ideal Faz Toda Diferença


Existem vários modelos de andadores ortopédicos,mas os mais utilizados são os com 4 "pernas". Também os com rodas anteriores podem auxiliar quem tenha dificuldade em levantar ou articular o andador, mas é preciso ter atenção quanto a dificuldade da pessoa frear esse andador.


Outra situação a ser escolhida é quanto a ser fixo ou articulado. O modelo fixo não se move, o modelo articulado "acompanha o passo do idoso", basta elevar um pouco um lado e movimentá-lo para frente.


Outra classificação é entre fixos e com sistema de fechamento. Escolha sempre os "que fecham" para que você possa transportá-los ocupando o mínimo de espaço.


Notar a Resistência e Carga são fundamentais


A carga é outro fator importante. A média de resistência de carga de um andador ortopédico é de 100 a 130kg. No caso da pessoa possuir peso acima dessas cargas, pode necesitar, apesar de raros, modelos especialmente fabricados para quem tenha um peso superior.


Você ainda não viu a melhor parte.


Fique de Olha nas Ponteiras


Andadores possuem ponteiras nas extremidades distais dos seus "pés". É importante saber onde adquirir as ponteiras para reposições futuras.


Indicação Profissional Ajuda você Sempre


É sempre muito importante a orientação de um profissional da saúde (fisioterapeuta, médico, outros), que possam indicar o melhor modelo para o seu caso.


Facilitando sua Vida


Para deixar tudo redondo para você, fizemos um comparativo de andador de idoso.

Você pode imprimir, fazer suas anotações e consultar na hora de comprar. Baixe apertando: aqui.


Onde Posso Comprar com Bom Preço?


Comparando preços e confiabilidade da loja, você pode comprar o andador de idoso apertando no seu favorito aqui em baixo:


  1. Dobrável articulado;

  2. Quatro rodas e assento;

  3. Quatro rodas, assento e cesta.


Conclusão


Você estava procurando pelo melhor andador para o idoso quando chegou nesse post. Se sentia meio perdido entre o desejo de dar conseguir o melhor e tempo apertado para pesquisar. Agora você achou tudo em um só lugar.


A moral da história é que buscar ajuda é sempre a melhor opção. Não há vergonha nenhuma nisso. Pelo contrário, é sinal de humildade.


Você ganhou horas de pesquisas e salvou muita dor de cabeça eliminando o risco do idoso estar exposto a um andador errado.


Se você gostou deste post, então, vai gostar desse apresentação aqui em baixo feito na medida para você:



Cuidador de Idoso é a paz que você precisa

Santer Saúde